Compartilhe:

O dente siso é conhecido por muitos, justamente, por não possuir uma função específica. Trata-se do terceiro molar e nasce tardiamente, normalmente aos 18 anos, mas nem sempre encontra espaço e muitas vezes está em uma posição muito alterada para nascer. Logo, é comum ver pessoas fazendo a extração deste dente.

Para muitos, a extração do dente siso causa uma verdadeira sensação de alívio, sobretudo, se o dente já estava incomodando ou causando dor, neste caso a cirurgia de retirada do dente siso é necessária. O pós-operatório deve ser detalhado e os cuidados precisam ser redobrados. Logo, o objetivo do artigo é apresentar o passo a passo de como ter uma recuperação efetiva e sem maiores problemas. Siga as dicas!

Utilize gelo para sanar a dor e o inchaço após a retirada do dente siso

A dor e o inchaço podem estar presentes no primeiro dia, por isso a utilização de compressas com gelo podem ser excelentes alternativas. Antes de mais nada, o recomendado é fazer uma, a cada meia hora. Claro, acompanhada de repouso.

Já a partir do segundo dia, a aplicação de compressa morna pode ser bem mais agradável. Coloque durante 10 minutos e repita se achar necessário.

A alimentação deve ser líquida e pastosa

Além de ingerir algo gelado, como sorvete, por exemplo, uma dieta líquida e pastosa é essencial. Porém, ela deve ser nutritiva. Assim, sucos naturais e sopas são excelentes opções.

Definitivamente, durante o período de recuperação do pós-operatório, evite alimentos quentes. Enfim, a ingestão deles pode prejudicar a cicatrização.

Fique atento com as medicações

Em suma, não peque pela falta e nem pela omissão. Logo, siga corretamente todo o processo de medicação que foi prescrito pelo dentista, para impedir que o local da extração infeccione e para que a dor seja aliviada.

As medicações devem ser definidas sempre por um profissional. Dessa forma, ao notar que determinado remédio não está sanando o problema como um todo, converse com o dentista para saber se existe a necessidade de rever a medicação.

Tenha uma boa higiene bucal

Desde já, é necessário manter uma boa higiene bucal. Fazer o uso da escova e do fio dental é imprescindível, porém, tenha bastante cuidado. Escove os dentes sem colocar força e não bata com a escova na região da extração.

Evite fumar e ingerir bebidas alcoólicas

Para se ter uma recuperação sem maiores transtornos, deixar de fumar é essencial. As substâncias tóxicas do cigarro entram na mucosa e aumentam os riscos de inflamações e infecções, já que a boca está em fase de cicatrização.

Também é necessário evitar as bebidas alcoólicas, principalmente se o dentista receitou o uso de algum antibiótico nas medicações. A mistura pode ocasionar uma série de efeitos colaterais, que podem colocar a saúde do paciente em risco.

Em conclusão, o pós-operatório tem tudo para ser tranquilo caso siga todas as recomendações do dentista, isso é essencial para que você não corra nenhum risco após a extração e consiga reduzir os desconfortos ocasionados pela cirurgia.

Gostou do artigo? Continue acompanhando o nosso blog. Agora que você já sabe o passo a passo de um pós-operatório eficiente, coloque em prática para a recuperação ser a mais tranquila possível. Em caso de dúvida ou sugestão, entre em contato conosco!

Compartilhe: