Compartilhe:

Existem alguns problemas bucais que, além de interferirem diretamente na estética da pessoa, podem causar consequências desagradáveis. O exemplo que iremos abordar no artigo de hoje é a mordida cruzada.

Comum em vários pacientes, a mordida cruzada é, em síntese, o desencontro entre os dentes da arcada superior com os da arcada inferior. Na maioria das vezes, o problema é bastante perceptível, principalmente quando os dentes da parte de baixo se sobrepõem aos de cima.

Com isso, o queixo fica com uma proeminência para frente. Porém, o problema também pode passar despercebido. Com isso, os dentes passarão a falsa impressão de estarem aparentemente bem alinhados, mas irão se deslocar de maneira incorreta durante a mastigação do paciente.

Causas da mordida cruzada 

Normalmente, a mordida cruzada tem razões genéticas, porém também pode ser ocasionada por alguns fatores externos, relacionados à infância, como, por exemplo, o uso excessivo de chupeta ou mamadeira e a perda precoce dos dentes.

Essas condições podem levar a alterações musculares e funcionais do organismo, o que resulta ao desalinhamento.

Os sintomas

A mordida cruzada pode ocasionar alguns problemas característicos. Na infância, por exemplo, a mordida cruzada atrapalha o crescimento correto dos ossos da face. Isso implica diretamente o desenvolvimento fonoaudiólogo, além da mastigação e da respiração da criança.

Já na vida adulta, a mordida cruzada pode acarretar o bruxismo, perda precoce dos dentes, retração da gengiva e o comprometimento das articulações da boca.

Os principais tratamentos

Quando a mordida cruzada é originada de alguma causa genética, a solução é a utilização de aparelhos específicos, que auxiliam o crescimento da maxila, para que ela se ajuste de maneira correta à arcada inferior.

Também é possível fazer o tratamento da mordida com Pistas Diretas Planas. No tratamento em questão, o formato dos dentes de leite é modificado com o uso de resina para que os dentes superiores toquem corretamente os inferiores.

Entretanto, o tratamento também pode ser através de uma cirurgia, a partir do momento em que a diferença entre os arcos das duas arcadas for muito grande. Porém, ela só pode ser realizada na fase adulta.

Dessa forma, a cirurgia irá corrigir o posicionamento incorreto dos ossos dos terços médio e inferior da face. A realização ou não do procedimento será determinada com base na avaliação feita pelo dentista.

Conseguimos tirar as suas dúvidas em relação a mordida cruzada? Nos colocamos inteiramente a sua disposição, caso você precise realizar algum tipo de procedimento ou tratamento bucal. Basta entrar em contato conosco!

 

Compartilhe: